Medalhas das Olimpíadas de Vancouver usam metais recuperados de eletrônicos

março 4, 2010 at 12:49 pm Deixe um comentário

Escrito por Fernanda Dalla Costa

Parte das medalhas das Olimpíadas de Inverno de Vancouver vem de ouro, prata e cobre recuperados do lixo eletrônico, informou a mineradora canadense Teck Resources, que forneceu o material virgem para a fabricação dos prêmios.

Para a produção das medalhas, os minérios ouro, prata e cobre que foram retirados das minas da empresa foram fundidos com seus pares recuperados de circuitos eletrônicos. O produto dessas fusões foi refinado em grãos com 99,99% de pureza de cada metal.

Historicamente, as medalhas das competições somente eram produzidas com minerais virgens e esta é a primeira vez que metais recuperados de televisores, computadores e teclados são usados no processo.

De acordo com a empresa, essa prática é uma solução para o desafio de reduzir a quantidade de resíduos eletrônicos que são destinados a aterros.

A presença de metais recuperados nas medalhas é de 1,52% nas de ouro, 0,122% nas de prata e 1,11% nas de cobre.

A Teck utilizou ouro, prata e cobre processados pela recicladora de eletrônicos Umicore, situada na Bélgica.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Washington cobra imposto sobre uso de saco plástico Sustentabilidade vira estratégia no Walmart e na Philips

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

março 2010
S T Q Q S S D
« jan   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: